A companhia

O Teatro das Beiras, companhia profissional de teatro, com sede na Covilhã, foi criado em 7 de Novembro de 1974.

Dando corpo a uma estrutura mais consolidada e de maior eficácia, respondendo às carências culturais desta vasta região que é a Beira Interior, a companhia candidata-se ao apoio da Secretaria de Estado da Cultura para estruturas profissionais e adquire o estatuto profissional em 1994, iniciando uma nova caminhada na produção regular de espectáculos de teatro, trabalho esse reconhecido pelo público, instituições públicas e privadas. Ao longo destes 16 anos a companhia produziu 81 espectáculos e realizou milhares de representações, para cerca de 230 mil espectadores. O Teatro das Beiras tem apresentado os seus espectáculos por todo o país, e também no estrangeiro.

Participamos na organização da Capital do Teatro no Distrito de Castelo Branco, editamos textos de teatro, sendo também os organizadores do Festival de Teatro da Covilhã, que teve a sua primeira edição em 1980.

O Teatro das Beiras produz 4 espectáculos por ano (1 para a infância, 1 para o ar livre, 2 para sala) e organiza o Festival de Teatro da Covilhã. A Companhia acolhe diversas actividades: workshops, instalações, exposições, debates, espectáculos.

Participa ainda num projecto em parceria com a Scutvias e a Quarta Parede – associação de artes performativas da Covilhã, denominado SegurArte – Segurança com Arte. Segurança com Arte é um jogo baseado nos conceitos de Segurança Rodoviária destinado a crianças do 1º ciclo do ensino Básico. É diferente pelo seu carácter artístico e grande componente lúdica, aliando a aprendizagem de regras de Segurança Rodoviária a experiências pluridisciplinares, trabalhando com a dança, a música, a expressão dramática e as artes plásticas e proporcionando uma apreensão de conhecimentos criativa e eficaz.

O contacto com as crianças em idade escolar é importante para o Teatro das Beiras, que aposta na formação de públicos com as sessões para as escolas, com o projecto SegurArte, com aulas e ateliês de expressão dramática.

Há a preocupação em manter um exercício artístico que pelas escolhas e abordagens estéticas estabeleceram um compromisso com o espectador, instalando o gosto pela fruição artística e estética motivando e abrangendo assim todas as faixas de público.



  1. Os números de 2010 « Teatro das Beiras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: