Archive for category Uncategorized

CONCERTOS NO PATRIMÓNIO, dia 12 de maio, no Teatro das Beiras

cartaz_concertos-patrimonio_web

O Teatro das Beiras recebe amanhã, dia 12, às 21h30, o SÍNTESE – Grupo de Música Contemporânea, com “Concertos no Património”, com interpretação de Carisa Marcelino (acordeão) e Rogério Peixinho (violoncelo).

Sobre “Concertos no Património”:

A fruição de ideias musicais fora dos grandes meios urbanos cria uma cultura própria, influenciada pelo meio circundante que se estabelece no quotidiano e no qual o Síntese – Grupo de Música Contemporânea intervém, distinguindo-se assim da política cultural de mera importação artística.
O Património Musical da Humanidade é neste concerto, referenciado e partilhado com o público da Grande Música Contemporânea Mundial.
O séc. XX foi pródigo na ascensão de novas estruturas e agrupamentos instrumentais, com múltiplas combinações. O acordeão e o violoncelo, como duo, revelaram-se no último quartel deste século com obras emblemáticas de compositores de referência. Assim, tornou-se obvia a junção destes dois músicos, Carisa Marcelino e Rogério Peixinho para a participação e consecução deste projecto musical.
As obras a apresentar, embora salvaguardando a diversidade como ponto fulcral, são escolhas estéticas que compreendam música com erudição, actual e com pressupostos artísticos e científicos considerados válidos.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Festival de Teatro da Covilhã 2015, de 30 de outubro a 7 de novembro

CARTAZ_Beiras_ 2015_REV1

O Festival de Teatro da Covilhã 2015 está a chegar! A partir de sexta feira, 30 de outubro recebe a ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve, Companhia de Teatro de Braga, Jangada Teatro, Teatro Extremo, Karlik Danza Teatro, Teatro do Montemuro, Cendrev e Peripécia Teatro. O Teatro das Beiras apresenta o espetáculo “Cavaleiro, procura-se!“. O Festival de Teatro da Covilhã 2015 despede-se a 7 de novembro, com um concerto com os Miss Manouche.

A festa do Teatro está na Covilhã e é consigo que a queremos celebrar!

Reserve o seu lugar através do telefone 275 336 163 ou para o email geral@teatrodasbeiras.pt. Toda a informação sobre o programa disponível aqui.

Deixe um comentário

Teatro das Beiras em digressão com “Loa, xácara e bugiganga”

loa6

Depois de ter sido apresentado no Norte do país e Alentejo, o espetáculo “Loa, xácara e bugiganga”, de Calderón de la Barca regressa à região, com apresentações na Guarda (Auditório da Biblioteca Municipal – ao ar livre), a 24 de julho, em Gouveia, a 25 de julho, na Boidobra, a 28 de julho e na Covilhã (Auditório da Martir-in-Colo), a 31 de julho.

Sobre o espetáculo:

Um teatro de todos os tempos.

A extensa obra teatral de Calderón de la Barca (1600-1681) é um legado cultural inalienável da humanidade e constitui ainda hoje um “material“ cénico motivador e inspirador, ocupando permanentemente um espaço peculiar na criação teatral contemporânea. Calderón é seguramente um dos dramaturgos do Século de Ouro espanhol que mais destacadamente influenciou e contribuiu para a edificação da cultura europeia. Os géneros “maiores” como os dramas de honra ou os autos sacramentais, não ocultam a identificação deste genial dramaturgo com o chamado “teatro menor” ou “teatro breve”, donde retirámos os textos que estruturam este espetáculo; “As carnavalescas” e “As visões da morte”.

O teatro como festa, a “irracionalidade abstracta” onde o carácter sério das comédias mitológicas e autos sacramentais contrastam com a escrita de um teatro social, habitado por personagens do tipo popular que povoam as loas, xácaras e entremezes. A festa burlesca, o riso, a censura, o mundo ao contrário, os rituais carnavalescos nos limites da transgressão; o teatro por dentro do teatro.

No seguimento de anteriores produções do Teatro das Beiras, “Loa, xácara e bugiganga” é uma proposta para o reencontro de um clássico universal com largas faixas de público num espetáculo de ar livre.

Encenação: Gil Salgueiro Nave | Cenários e figurinos: Luís Mouro | Desenho de luz: Jay Collin | Interpretação: Adriana Pais, Celso Pedro, Marco Ferreira, Miguel Telmo e Sónia Botelho.

Deixe um comentário

Circuito Ibérico de Artes Cénicas no Auditório do Teatro das Beiras

flyer_adulteros

Uma comédia para casais infiéis

 ‘Adúlteros’ é uma comédia sobre as infidelidades mas também uma reflexão sobre o passado e o presente. Uma comédia que trata com humor a situação de crise que atravessa atualmente o teatro.

Marta e Fernando voltam a encontrar-se vinte e cinco anos depois de terem sido um casal na vida artística e na vida real, para repor um espetáculo sobre o adultério que representaram no final dos anos 80 e que teve na altura um grande êxito.
Durante a obra, vamos conhecendo em jeito de comédia, as suas relações, os seus encontros e desencontros que darão vida a muitos outros personagens em situações de infidelidade.

produção de Fundición Teatro Sevilha | Encenação e adaptação  Pedro Álvarez-Ossorio | Voz-off Carlos Álvares-Nóvoa e Inma Alcántara | Cenografia Vicente Palacios | Assistência de encenação Ana Álvarez-Ossorio e José António Benavides Vázquez | Responsável técnico José David Gil | Desenho de luz David Romero de la Osa | Espaço Sonoro Santi Martínez | Fotografia Luís Castilla | Cartaz e programa Rocco Lombardi | Estilismo Manolo Cortés

,

Deixe um comentário

Terminou hoje o Projeto Vamos Descobrir o Teatro

auto dos fisicos 2

Com a participação da Escola da Noite terminou hoje no Teatro Municipal da Covilhã o Projeto Vamos Descobrir o Teatro com a apresentação da peça “Auto dos Físicos” de Gil Vicente, encenação de António Augusto Barros. O Projeto teve inicio em Novembro de 2014 e nele participaram além do Teatro das Beiras, o Jangada Teatro, a Companhia de Teatro de Braga, a Quarta Parede e o BAAL 17. A apresentação das peças de teatro foi feita em Escolas do ensino Básico, Secundário e Profissional e também no Auditório do Teatro das Beiras.

Aos espetáculos programados assistiram cerca de 1.100 alunos dos vários graus de ensino.

O projeto foi organizado pelo Teatro das Beiras, e teve o apoio financeiro da Secretaria de Estado da Cultura.

Deixe um comentário

Ao Luís Nogueira

Luis

Deixe um comentário

1º Andar no auditório do teatro das beiras

cartaz_1ºAndar2014

 18.novembro. 2014 [3ª feira] > 21h30   – auditório do teatro das beiras   –  “Projeto Vénus”

Projeto Vénus consiste em reconstruir as pinturas mais famosas das Vénus da pintura europeia, desde o Renascimento até o século XX, tomando como referência as “Live paintings“, mediante uma vídeo-performance. A proposta consiste em trabalhar numa posição “entre” duas estratégias: a) interromper a construção da fição por meio da descoberta dos mecanismos que a constroem (montagem de Brecht); b) anular a dimensão espetacular e convidar o espetador a uma participação física (teatro sagrado de Artaud).
A participação do público é essencial para o desenvolvimento da proposta performativa. O modelo, que imita as poses, é o próprio artista que executa as ordens do público que assiste à performance, a quem também se convida a posar, fotografar e desenhar.
Projeto Vénus é abordado a partir do ponto de vista da Teatralidade, para isso é necessário entender-se o olhar do outro como elemento inicial.
 
Conceção, Perfomer e Video: Fran Blanes | Assistente Técnico de Montagem, Video e Som: João André Lourenço 

21.novembro.2014 [6ª feira] > 21h30 –  auditório do teatro das beiras – “Kinowaltz”

KINOWALTZ é uma viagem da dança pelo mundo do cinema. Partindo do sonho de infância de entrar na tela do cinema e viver maravilhosas aventuras, começamos uma pesquisa entre o movimento e a imagem, desconstruindo cenas icónicas da história do cinema e propondo um novo olhar sobre filmes clássicos.
 
Criação e interpretação: Tereza Havlickova  | Cocriação e vídeo: André Amálio
Organização: 

qp

Deixe um comentário

FESTIVAL DE TEATRO DA COVILHà2014

Festival 2014Quando se comemoram 40 anos sobre a constituição do GICC e 20 anos da Companhia Profissional o Teatro das Beiras organiza mais uma edição do FESTIVAL DE TEATRO DA COVILHÃ.  De 1 a 8 de Novembro passam pelo Festival  8 companhias de teatro e uma banda de música, que apresentarão 15 espetáculos:

Auditório do Teatro das Beiras

1.Novembro |21,30| Peripécia Teatro | “1325”

3.Novembro |11,00| Teatro Art´Imagem | “A Maior Flor e Outras Histórias Segundo José”

3.Novembro |14,30| Teatro Art´Imagem | “A Maior Flor e Outras Histórias Segundo José”

4.Novembro |10,00| Teatro Extremo | “Depois de Darwin”

4.Novembro |15,00| Teatro Extremo | “Depois de Darwin”

5.Novembro |11,00| Trigo Limpo/Teatro ACERT |“Faz de Conta”

5.Novembro |14,30| Trigo Limpo/Teatro ACERT |“Faz de Conta”

6.Novembro |10,00| BAAL 17 Companhia de Teatro do Baixo Alentejo | ”Olhar de Novo”

6.Novembro |14,30| BAAL 17 Companhia de Teatro do Baixo Alentejo | ”Olhar de Novo”

7.Novembro |21,30| Teatro das Beiras | “Rádio Cabaret”

8.Novembro |21,30| D´Orfeu Associação Cultural | “Reportório Osório”

Outros Espaços

1.Novembro | 21,30 | Colmeal da Torre |Teatro das Beiras | “Farsas per musica”

2.Novembro | 14,30-19,30| Teatro das Beiras |Wokshop de Teatro

7.Novembro | 10,00 |Tortosendo |Teatro do Montemuro | “À Espera que Volte”

7.Novembro | 14,30 |Boidobra |Teatro do Montemuro | “À Espera que Volte”

7.Novembro | 23,30 | Café do Teatro das Beiras | LAVOISIER

1 a 8 de Novembro| Exposição retrospetiva dos 40 anos do Teatro das Beiras

Organização: logo

Deixe um comentário

 

masterclass_AntonioGervasoni6b4dec3b48a3

15 de NOVEMBRO no Teatro das Beiras

Masterclass de Composição Musical para Cinema – a banda sonora, uma personagem mais no teu filme.
Antonio Gervasoni compositor com uma larga trajectória na composição de bandas sonoras para cinema estará na Covilhã em 15 de Novembro para uma Masterclass no Auditório do Teatro das Beiras, das 17:00 às 19:30.
Gervasoni compôs a banda sonora de “Holy Popcorn”, a curta-metragem realizada na Covilhã pelo realizador espanhol, Ramón de los Santos, em que partcipam os atores do Teatro das Beiras, com estreia marcada para 16 de Novembro no Teatro Municipal.

Organização: Maria Zimbro

Deixe um comentário

Falta 1 semana para o inicio do Festival

Falta 1 semana para o inicio do Festival

Deixe um comentário