Archive for category Digressão

“Cavaleiro, procura-se!” em Cáceres e Sevilha

Cavaleiro, Procura-se

O Teatro das Beiras inicia o mês de abril com a apresentação da peça “Cavaleiro, procura-se!” em Espanha.

No dia 2 de abril, às 18h, em Casar de Cáceres (La Nave del Duende), no âmbito do Circuito Ibérico e no dia 3 de abril, às 13h, em Sevilha (La Fundición), no âmbito da II Mostra de Teatro Português.

Anúncios

, , , , , ,

Deixe um comentário

Teatro das Beiras no Circuito Ibérico de Artes Cénicas

??????????

 

O Circuito Ibérico de Artes Cénicas é uma Plataforma de Companhias Portuguesas e Espanholas formada em Julho de 2014 e na qual participam para além do Teatro das Beiras, o Teatro Guirigai (Los Santos de Maimona), La Fundicion (Sevilha), Karlik Danza Teatro (Cáceres), a Companhia de Teatro de Braga, A Escola da Noite (Coimbra),  Teatro do Montemuro (Campo Benfeito), CENDREV (Évora) e a ACTA – Companhia de Teatro do Algarve (Faro).

Em 2015 o Circuito Ibérico engloba 32 espetáculos a realizar pelas 9 companhias promotoras da Plataforma.

Calendário de apresentações do Teatro das Beiras em Espanha:

13 de Março | Teatro Guirigai | Los Santos de Maimona | 21.00

Uma história desafinada… ou nem por isso

15 de Março | La Nave del Duende | Cáceres | 12.30

Uma história desafinada ou… nem por isso

11 de Abril | La Fundicion | Sevilha | 21.00

Uma história desafinada…ou nem por isso

 

Deixe um comentário

Radio Cabaret, de Karl Valentin em Idanha-a-Nova

 

 

radio cabaret

7.março.2015 | 21,30h | centro cultural raiano

“Radio Cabaret”  é um espetáculo construído a partir  dos textos do comediógrafo alemão Karl Valentin. Num ambiente social de um bairro popular é emitido a partir de um pequeno auditório, (o auditório da  Emissora de Rádio do Bairro), um programa de variedades onde desfilam  personagens-tipo,  criados pelo imaginário daquele que foi um dos autores que no seu exercício de criação teatral,  mais influenciou e determinou o chamado teatro de variedades europeu.  Através de paródias, jogos de palavras, trava-línguas, enredos linguísticos, a construção deste espetáculo  é estruturada tendo como ponto de partida alguns dos elementos  mais representativos  da sua obra; monólogos, diálogos, cenas, peças e canções,  que são o universo da criação artística e  teatral  de Karl Valentin.  
Encenação: Gil Salgueiro Nave | Interpretação: Adriana Pais, Marco Ferreira, Pedro Damião e Sónia Botelho | Cenografia e figurinos: Luís Mouro | Desenho de Luz: Jay Collin | Operação de som e luz: Jay Collin | Fotos:Paulo Nuno

Deixe um comentário

Radio Cabaret hoje na Marinha Grande

radio cabaret

15 novembro | 21.30 | Casa da Cultura| Teatro Stephens

“Radio Cabaret”  é um espetáculo construído a partir  dos textos do comediógrafo alemão Karl Valentin. Num ambiente social de um bairro popular é emitido a partir de um pequeno auditório, (o auditório da  Emissora de Rádio do Bairro), um programa de variedades onde desfilam  personagens-tipo,  criados pelo imaginário daquele que foi um dos autores que no seu exercício de criação teatral,  mais influenciou e determinou o chamado teatro de variedades europeu.  Através de paródias, jogos de palavras, trava-línguas, enredos linguísticos, a construção deste espetáculo  é estruturada tendo como ponto de partida alguns dos elementos  mais representativos  da sua obra; monólogos, diálogos, cenas, peças e canções,  que são o universo da criação artística e  teatral  de Karl Valentin.
 
Encenação: Gil Salgueiro NaveInterpretação: Adriana Pais, Marco Ferreira, Pedro Damião e Sónia Botelho |Cenografia e figurinos: Luís MouroDesenho de Luz: Jay Collin

 

 

Deixe um comentário

“Farsas per musica” na XVI Festa do Teatro em Setúbal

 

27 de Agosto às 22 horas no Parque do Bonfim

cartaz Festival Setubal“Farsas per música é uma proposta de espectáculo sustentado no perfil de um teatro itinerante de “estrado” e ar livre, numa citação contemporânea do teatro barroco marcado por uma destacada intervenção musical inspirada na tradição do teatro musical burlesco. Construído numa abordagem do teatro no teatro onde os atores de hoje se revêem numa prática artística que é ao mesmo tempo um exercício de representação citando os seus antepassados companheiros de ofício. Este é um espectáculo a partir das farsas: Il Matrimónio Discorde e La Cantarina. Amores, ciúmes, seduções, dinheiro e fingimentos, são ingredientes de um teatro que está prestes a deixar cair as máscaras tipo da comédia del’arte para dar lugar a personagens com traços de carácter realista e rosto humano, anunciadores de mudanças sociais que chegariam com a Revolução Francesa. A aristocracia em decadência e a burguesia em ascensão disputando no palco os seus privilégios materiais e éticas morais num tom burlesco e poético capaz de provocar o olhar curioso e complacente do espectador do nosso tempo.

Texto: Carlo Goldoni | Encenação: Gil Salgueiro Nave | Interpretação: Adriana Pais, Marco Ferreira, Pedro Damião, Silvano Magalhães e Sónia Botelho | Cenários e Figurinos: Luís Mouro | Desenho de luz:Jay Collin | Fotografia: Paulo Nuno Silva | Sonoplastia: Hélder Filipe Gonçalves | Operação de som e luz: Jay Collin

Deixe um comentário

“Há dias assim…” em Seia

5 de Junho 2014  |  14,30

Casa Municipal da Cultura

hadiasassim1

Armindo, um senhor já de idade, vai dedicando os seus dias a acarinhar a sua neta Rita (com quem vive) e a tentar convencê-la a viajar para o sítio dos seus sonhos. Rita, por seu lado é uma rapariga que saitodos os dias de casa à pressa para o seu emprego. O medo de o perder faz com que trabalhe acelerada e maquinal para tentar satisfazer as vontades do patrão. Mas o cansaço e a exaustão fazem com que vá deixando para segundo plano os laços afetivos, que ficam em falta principalmente com o seu avô. Estes acontecimentos, são presenciados pelo boneco de estimação de Rita, que tinha sido oferecido pelo seu avô quando ela era uma criança. Quando chega o dia em que Armindo decide que não adiará mais a sua viagem, apenas leva consigo uma mala com recordações. O boneco perante a decisão de Armindo, vai aparecer a Rita tocando uma canção que ela conhece. Rita apercebe-se daquilo que está a perder. Quando volta a casa procura pelo avô e não o encontra. Rita vai ter de tomar uma decisão: “ficar ou ir!?”.

Encenação: Pedro da Silva | Interpretação: Pedro Damião e Sara Gabriel |Cenário: Fernando Landeira |Desenho de luz: Jay Collin

Org: Câmara Municipal de Seia/Cultrede

 

 

Deixe um comentário

Teatro das Beiras no Festival Sementes

ALMADA  – Teatro Extremo

31 Maio 2014 – 11 e 16,30h

Foto 5Dois vizinhos procuram, desesperadamente, substituir o canto dos pássaros que partiram em busca de outra primavera. As estações mudam, as aves migram e o Homem…este fica, no seu lugar, à espera que as aves regressem, noutra nova estação. A procura obsessiva por algo que lhes ocupe o tempo, acaba por tornar feio, aquilo que é bonito. E os dois vizinhos, desatentos e egoístas, acabam por perder a Primavera, o canto dos pássaros e também a amizade que os unia. Mas, como todos os erros da vida servem para aprendermos e crescermos, também a nossa história encontra a harmonia desejada. Um final afinado!

Criação coletiva da equipe artística do Teatro das Beiras | Encenação: Sónia Botelho | Interpretação: Adriana Pais, Marco Ferreira e Pedro Damião | Cenografia: Criação coletiva | Música: Rogério Peixinho | Desenho de Luz: Jay Collin | Operação de som e luz: Jay Collin | Fotos: Paulo Nuno Silva

Deixe um comentário

“Radio Cabaret” em Évora

Radio Cabaret

Teatro Garcia Resende –  28 e 29 Maio | 21,30h

“Radio Cabaret”  é um espetáculo construído a partir  dos textos do comediógrafo alemão Karl Valentin. Num ambiente social de um bairro popular é emitido a partir de um pequeno auditório, (o auditório da  Emissora de Rádio do Bairro), um programa de variedades onde desfilam  personagens-tipo,  criados pelo imaginário daquele que foi um dos autores que no seu exercício de criação teatral,  mais influenciou e determinou o chamado teatro de variedades europeu.

Texto: Karl Valentin | Encenação: Gil Salgueiro Nave | Cenários e figurinos: Luís Mouro | Interpretação: Adriana Pais, Marco Ferreira, Pedro Damião e Sónia Botelho| Desenho de luz: Jay Collin | Fotos: Paulo Nuno Silva.

Org: CENDREV

Deixe um comentário

“Há dias assim…” no Fundão

22 de Janeiro, às 10h | 23 de Janeiro, às 10h e 15h

na Moagem – Cidade do Engenho e das Artes

hadiasassim1

Sobre o espetáculo:

Armindo, um senhor já de idade, vai dedicando os seus dias a acarinhar a sua neta Rita (com quem vive) e a tentar convencê-la a viajar para o sítio dos seus sonhos. Rita, por seu lado é uma rapariga que saitodos os dias de casa à pressa para o seu emprego. O medo de o perder faz com que trabalhe acelerada e maquinal para tentar satisfazer as vontades do patrão. Mas o cansaço e a exaustão fazem com que vá deixando para segundo plano os laços afetivos, que ficam em falta principalmente com o seu avô. Estes acontecimentos, são presenciados pelo boneco de estimação de Rita, que tinha sido oferecido pelo seu avô quando ela era uma criança. Quando chega o dia em que Armindo decide que não adiará mais a sua viagem, apenas leva consigo uma mala com recordações. O boneco perante a decisão de Armindo, vai aparecer a Rita tocando uma canção que ela conhece. Rita apercebe-se daquilo que está a perder. Quando volta a casa procura pelo avô e não o encontra. Rita vai ter de tomar uma decisão: “ficar ou ir!?”.

Encenação: Pedro da Silva | Interpretação: Pedro Damião e Sara Gabriel |Cenário: Fernando Landeira |Desenho de luz: Jay Collin

Org: Câmara Municipal do Fundão

Deixe um comentário

Festival Altitudes 2013 recebe o Teatro das Beiras

ALTITUDES 20132

Teatro das Beiras apresenta em 15 de Agosto às 21,30, em Campo Benfeito no Espaço Montemuro a peça “Pagar? Aqui Ninguém Paga”, de Dario Fo

Encenação: Gil Salgueiro Nave |Cenografia e figurinos: Luís Mouro|Desenho de Luz: Jay Collin | Interpretação: Fernando Landeira | Pedro Damião | Pedro da Silva | Sónia Botelho | Sara Gabriel

Para ver o vídeo da peça clique aqui

Deixe um comentário