Teatro das Beiras/Do Imaginário estreiam “O Cerco de Leninegrado”

15 de março, às 21,30 em ÉVORA (sede  – Do Imaginário)

Cartaz_o cerco

Co-produção do  Teatro das Beiras/Do Imaginário – Associação Teatral

Sobre o espetáculo:

Uma escrita teatral que metaforicamente aborda o fim das utopias. Duas mulheres habitam um teatro abandonado. O seu quotidiano para além de uma luta constante pela sobrevivência é preenchido pela procura insistente de um texto teatral perdido, com o nome de “O cerco de Leninegrado”. É convicção daquelas duas mulheres/atrizes que aquele texto contenha a explicação da morte do diretor do teatro ocorrida há mais de vinte anos. Entretanto as autoridades locais estudam a possibilidade de fazer avançar um projeto arquitetónico que contempla a construção de um parque de estacionamento automóvel no local onde agora existe o teatro, este à beira da ruína e habitado por aquelas duas velhas atrizes. As buscas persistentes das duas mulheres acabam por trazer à luz o texto que finalmente, pensam elas, poderá revelar as circunstâncias da morte do diretor do teatro ocorrida faz muito tempo. Compreendem então que premonitoriamente aquela “peça” fala do fim das utopias e que anunciava também o fim daquele projeto artístico. Na varanda da teia do Teatro Fantasma, assim se chama o teatro, alguém sabotou o corrimão, ou então um pequeno empurrão explica a morte do director.

  1. Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: